sábado, 14 de maio de 2011

Alpro soya adere ao programa Defensores do Clima do WWF


Alpro soya torna-se a primeira empresa alimentar europeia a aderir ao programa Defensores do Clima do WWF

A nova colaboração realça o compromisso da Alpro soya com a
sustentabilidade empresarial e a redução das emissões de CO2

A Alpro soya é pioneira europeia no desenvolvimento e comercialização de alimentos e bebidas à base de soja, é a primeira empresa alimentar europeia a aderir ao programa Defensores do Clima do WWF. O objectivo deste prestigiado programa é ajudar as indústrias e as empresas pioneiras a desenvolverem novas soluções a nível climático e energético. O compromisso da Alpro soya neste programa é manter até 2013 as emissões de CO2 das suas fábricas abaixo dos níveis de 2008, apesar do crescimento previsto de 1/3 nos volumes.

Entre 2008 e 2010, as emissões absolutas de CO2 das fábricas da Alpro soya diminuíram 11%, apesar do aumento do volume de produção de mais de 11%, o que resultou numa melhoria combinada de 22% durante um período dois anos. O compromisso dos Defensores do Clima da Alpro é manter até 2013 as emissões de CO2 das suas fábricas abaixo dos níveis de 2008, apesar do crescimento previsto de 1/3 nos volumes. Isso será o equivalente à emissão de menos 42 000 toneladas de CO2 do que numa empresa em situação normal. A empresa também se comprometeu a avaliar meios concretos para reduzir ainda mais as suas emissões indirectas como, por exemplo, as resultantes das embalagens e do transporte, incluindo um estudo de viabilidade relativo ao transporte intermodal e um projecto-piloto de colaboração logística horizontal. E, por último, a Alpro soya vai promover activamente a visão sobre Energias Renováveis do WWF, por exemplo, tornando-se uma Embaixadora de Energia Limpa do WWF, e vai impulsionar os argumentos comerciais para a cadeia de valor em estreita colaboração com outras empresas Defensoras do Clima.

Sem comentários:

Enviar um comentário