segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Licor de Romã

O primeiro licor que fiz foi há 5 anos!
Tinha em casa uma romã bem grande e decidi arriscar. O licor rendeu, ofereci-o a amigos e família, e ainda fiquei com um restinho que faço questão de oferecer sempre que tenho visitas cá em casa.
Foi sem dúvida um dos licores que mais gostei de fazer, embora tenha já ideias para reformular esta receita e fazer uma segunda versão (com algumas alterações) deste delicioso licor de Outono!


E o meu licor de romã foi feito assim...

A receita:
1. Num frasco de vidro coloquei uma romã bem grande (apenas os gomos). O que rendeu metade do frasco em questão.
2. Depois cobri a romã com açúcar e adicionei um pau de canela.
3. Enchi o restante frasco com vodca. Podem e deve utilizar aguardente, mas utilizei o que tinha em casa!
4. O frasco deve ser guardado num local fresco e seco, de preferência ao abrigo da luz, durante um mínimo de 30 dias e agitando com frequência.
5. No final dos 30 dias (eu deixo sempre mais), deve coar-se o licor através de um filtro de café ou de um pano de algodão.
6. E é aqui que entra o gosto pessoal. Aconselho a provarem sempre antes de adicionarem a calda de açúcar... Provem o licor, se estiver doce o suficiente está pronto, se optarem por uma versão mais adocicada devem acrescentar calda de açúcar.

Para a calda de açúcar coloquem num tacho açúcar com a mesma quantidade de água e deixem que se dissolva por completo. Deixem sempre arrefecer um pouco antes de juntar a calda de açúcar ao licor! Pessoalmente nunca acrescento calda de açúcar!


E já viram como está bonita a minha garrafinha com este padrão dos Lenços de Namorados de Viana?
Vistam a vossa cozinha com as colecções da Casa Celina! Ainda não conhecem? Do que estão à espera? Visitem o Facebook da Casa Celina ou visitem o site e dêem outra côr à vossa casa!





Uma dica: para a confecção de licores devem utilizar-se frascos de vidro de boca larga. Por aqui aproveito os frascos do café solúvel para o efeito! Desperdício zero!


Sem comentários:

Enviar um comentário