segunda-feira, 17 de abril de 2017

3 Receitas com Millet

Quando há poucas semanas me ofereceram um saquinho com Millet saltei logo de alegria!
Já tinha ouvido falar muito bem deste cereal, mas não tinha ainda experimentado nada com Millet.
Ora este cereal é dos mais antigos que existem (mais antigo até que o arroz), e os seus benefícios são muitos!
O que mais me chamou a atenção é o facto de ser um alimento alcalino. E tudo o que é alcalino é muito benéfico para a nossa saúde.







Afinal o que é o Millet?
Millet, ou milho miúdo é um pequeno cereal sem glúten (por isso, óptimo para celíacos), alcalino e de fácil digestão (perfeito para curar pequenos problemas digestivos), rico em ferro, cálcio e magnésio.
É um cereal perfeito para ser servido com acompanhamento e pode ser cozinhado de diversas maneiras por ser tão versátil.


...E as receitas?

Como acompanhamento de uma refeição
1 chávena de millet
2/5 a 3 chávenas de água
sal e azeite qb

Como o Millet é um cereal com pouco sabor, deverá tostá-lo um pouco no tacho, antes de adicionar água (atenção para não deixar queimar!).
Seguidamente adicione a água, o sal e o azeite e deixe cozinhar em lume brando.

Dica: Poderá cozinhá-lo com cenoura, ervilhas, tomate, exatamente igual ao arroz! Dê asas à sua imaginação e não se surpreenda que o primeiro teste com Millet fique muito seco, ou empapado... Apesar de comparável ao arroz, o Millet é um cereal diferente, e dificilmente conseguirão a consistência perfeita logo na primeira tentativa! Mas acreditem, vale a pena! 


Puré de Millet e Couve-Flôr
1 chávena de millet
2 chávenas de couve-flôr
1 cebola média
1 dente de alho
3 chávenas de água
2 colheres azeite
1 colher café de sal
Pimenta qb
Salsa a gosto

Corte a cebola e o alho aos bocadinhos e num tacho refogue em azeite. 
Adicione o millet, a couve-flôr, o sal e a água e deixe ferver.
Cozinhe em lume brando durante cerca de 20 minutos, mexendo regularmente. (Caso seja necessário coloque um pouco mais de água).
Depois de bem cozido, retire do lume, acrescente a pimenta e a salsa e triture num passe-vite ou com a vainha mágica, até obter consistência de um puré!


Millet Doce
1 chávena de Millet
2 chávenas Bebida Vegetal, ou Leite
1 pau de canela
Casca de Limão
1 colher sopa de Stevia em pó
Canela em pó qb

Num tacho, coloque a bebida vegetal (ou leite) e adicione o pau de canela, a stevia e a casca de limão. Mexa até levantar fervura.
Em lume branco, adicione o millet em grão, e deixe cozinhar cerca de 20 minutos, ou até atingir a consistência semelhante ao arroz doce.
Servir polvilhando com canela.
Esta publicação está também divulgada no site Viver a Cores.
Visitem a página do Viver a Cores e sejam felizes!

terça-feira, 4 de abril de 2017

Dicas para quem Cozinha


Cheesecake Japonês (no forno)

O cheesecake é um clássico que quase todos conhecem, mas sabiam que existem versões desta sobremesa que são cozidas no forno?
Hoje apresento-vos um cheesecake japonês... E acreditem, foi também para mim uma agradável surpresa o resultado final!
Cá em casa foi a primeira versão de um cheesecake "quente", mas muitas mais irei testar!
Este bolo faz-me lembrar uma nuvem! Fofinho, suave, delicado.... Simplesmente irresistível!


Passemos à receita... Mas antes uma dica importante! Utilizem uma forma redonda sem buraco (preferencialmente que não tenha o fundo amovível)!






Ingredientes

130ml leite
100g queijo creme
100g manteiga
8 gemas
60g farinha
60g amido de milho
12 claras
130g açúcar

1. Pré-aqueça o forno a 160ºC.
2. Ao lume aquecer o leite, o queijo creme e a manteiga até uniformizar. Remover do calor e deixar arrefecer.
3. Numa tigela bater as gemas até formar um creme homogéneo. Juntar a farinha e o amido, mexendo com uma vara de arames até não existirem grumos.
4. Numa tigela à parte bater as claras em castelo. Adicionar aos poucos o açúcar.
5. Gradualmente junte o creme das gemas com as claras, envolvendo bem.

Forre com papel para uso culinário uma forma redonda sem buraco.
Coloque a forma dentro de uma forma maior, com cerca de 2 cm de água quente. Deite a mistura e leve ao forno durante 25 minutos. Reduza depois a temperatura para os 135º e deixe cozinhar por mais 55 minutos.

Desenforme o bolo e sirva ainda quente!



Esta receita está também publicada no site do nosso parceiro Viver a Cores. Visitem e dêem mais cor à vossa vida! Link aqui